Visto B1/B2 Nem Sempre é a Melhor Opção! Entenda Porque.

Booking.com

Queria eu ter lido um post como esse que estou prestes a escrever antes de ter ido direto na opção de visto B1/B2.

Isso me pouparia tempo e dinheiro… no mínimo.

Acredito que o visto de negócios e turismo (B1/B2) seja de longe o visto mais emitido no mundo.

Talvez isso aconteça porque esse tipo de visto é o mais fácil de ser aprovado.

Porém, no meu ponto de vista, ele está longe de ser a melhor opção.

Basicamente existem 5 questões que devem ser levadas em conta antes de começar o processo, vamos falar sobre elas à seguir.

5 Questões à Serem Avaliadas Antes de Solicitar o Visto B1/B2

1 – Habilitação

visto b1/b2 - habilitação

Para começar, vamos falar sobre a carteira de motorista.

Nem todos os estados americanos autorizam a emissão da Driver’s Licence para imigrantes que possuem este visto.

CLIQUE AQUI E LEIA: 8 Motivos Para Tirar a Driver’s License

Aqueles que autorizam, vinculam a validade da carteira ao limite carimbado no passaporte ao entrar no país.

Por exemplo, se o carimbo no seu passaporte diz que você poderá ficar nos EUA até dia 01/07/2017, o DMV utilizará essa mesma data como vencimento da sua habilitação.

2 – Moradia

Para alugar é outra novela. Pelo menos foi para mim.

Alguns lugares só fazem contrato de um ano e até aí tudo bem.

O problema é quando dentre os documentos para o contrato eles pedem a cópia do passaporte.

É um pouco chato de explicar como você será capaz de permanecer no país se seu visto só tem a extensão de 6 meses.

Isso causa uma situação no mínimo constrangedora  😯 .

3 – Trabalho

Vamos esclarecer algo:

Trabalhar de forma legal nos EUA só é possível se você tem o SSN que é o nosso CPF aí do Brasil.

Acontece que esse documento não é emitido para turistas.

Isso limita as oportunidades de trabalho ao que chamamos de sub-emprego.

Uma opção é abrir uma empresa e colocar pessoas documentadas para trabalhar nela.

A lei te permite ter empresa como turista, só não te permite trabalhar nela ou em qualquer outra.

Lembrando que estou falando aqui do ponto de vista da lei, do que é certo e do que não é segundo a lei.

Na prática milhões de pessoas trabalham como turistas, estudantes e até sem visto nenhum.

LEIA TAMBÉM: Tipos de Visto Americano, Qual o Melhor Para Seu Caso.

4 – Validade

visto b1/b2

Normalmente ao entrar no país o passaporte é carimbado com autorização de permanência por 180 dias.

Contudo, existem casos de pessoas que recebem a autorização para ficar bem menos tempo do que isso.

Dessa forma, se a pessoa tem planos de vir como turista para ganhar tempo e mudar de visto já dentro dos Estados Unidos, ela acaba ficando de mãos atadas ao receber um carimbo de 7 dias por exemplo.

5 – Renovação

Vamos considerar que você conseguiu o carimbo com o período máximo nessa modalidade (180 dias / 6 meses).

Se as coisas não correrem tão rápido como imaginava e você precisar pedir uma extensão de visto para mais 180 dias, poderá encontrar grandes dificuldades.

Os próprios advogados dizem que a extensão do visto B1/B2 é um dos pedidos mais difíceis de ser aprovado.

ESTÁ GOSTANDO DO POST?! ENTÃO DEIXE SEU NOME E EMAIL PARA RECEBER AS NOVIDADES DO BLOG!

Na maioria dos casos é muito complicado comprovar que a pessoa tem condições financeiras para arcar com mais 6 meses de férias (já pelo menos na teoria ela não estará trabalhando dentro dos EUA).

Qual a saída?

Não existem tantas saídas quanto gostaríamos, por isso tantas pessoas assumem o risco.

Mas por que não explorar as possibilidades antes de tomar essa decisão tão grande?

Antes de te sugerir algo, quero te ajudar a descobrir quem é você dentro desse contexto.

Existem dois tipos de pessoas que saem dos seus países diariamente e você precisa ter em mente qual deles você é.

a) Sem alternativas

São aquelas pessoas que já perderam as esperanças em seu país (no nosso caso, o Brasil) e que estão dispostas à ficar fora de status nos EUA, passando por essas dificuldades, caso seja a única opção.

Essas pessoas estão ( ou deveriam estar) cientes de tudo que falei acima e de que uma vez fora de status não poderão sair e voltar aos Estados Unidos facilmente.

Alguns dizem que se alguém sai dos Estados Unidos depois de perder o status recebe um “castigo” de 10 anos por ter ficado ilegal.

Outros dizem que é impossível voltar.

b) Com alternativas

São aquelas pessoas que querem tentar uma vida melhor nos Estados Unidos mas que não estão dispostas à sacrificar seu direito de ir e vir.

Normalmente elas já tem uma vida estável no país de origem e meio que “não precisam passar por isso”.

Se você está enquadrado no tipo 1, nada te prende no Brasil e realmente tudo que quer é desaparecer daí, está entre a maioria.

Porém, antes de se jogar de cabeça no visto B1/B2, sugiro que considere o visto de estudante (F1).

Apesar de ter praticamente as mesmas restrições que o visto B1/B2, algumas coisas tornam o visto F1 muito mais atraente. Por exemplo:

  • Validade renovada automaticamente, sem entrevista. Enquanto estiver estudando você tem autorização de permanência;
  • Liberdade para entrar e sair dos EUA quando precisar, se o visto for solicitado ainda no Brasil e desde que não prejudique a escola;
  • Possibilidade de conseguir o SSN, dependendo de qual curso estiver fazendo;
  • Maior facilidade para alugar casa, apartamento ou quarto;
  • Autorização para tirar a carteira de motorista americana mesmo nos estados mais restritos.

Para solicitar o visto de estudante é necessário demonstrar certa quantia no banco e é exatamente isso que deixa o visto um pouco mais difícil.

Porém, você só precisa imprimir o saldo da conta e anexar junto aos documentos do visto.

A maioria das escolas não exige o pagamento integral do curso.

Algumas pedem os 3 primeiros meses, o que já é bem mais acessível.

Isso te dá liberdade de conseguir o dinheiro emprestado por um dia, só para colocar na conta e imprimir o saldo.

Esse dinheiro não ficará congelado ou algo do tipo.

Dica!

Existe uma diferença de preço enorme entre estudar de manhã e à noite.

Faça as contas direitinho para ver o que vale a pena no seu caso.

No meu ponto de vista, o F1 seria a opção mais fácil para permanecer legalmente no país sem ter que fazer investimentos no primeiro momento e sem prejudicar seu direito de ir e vir do país.

Além do que, a não ser que seja fluente em inglês, você precisará aprender a se comunicar, não é mesmo?

Existem outras opões como mencionei nesse outro post que você pode conferir clicando aqui.

Analise bem antes de tomar a decisão pelo visto B1/B2.

Não consideramos o F1 porque achávamos que precisaríamos pagar a escola integralmente.

Quando aprendi isso que acabei de passar para você, já era tarde e já estávamos com o visto B1/B2.

Mas se eu pudesse voltar no tempo, com certeza tentaria o de estudante primeiro.

Espero que este post tenha ajudado à esclarecer um pouco suas ideias.

Não esqueça de deixar um comentário abaixo, isso me ajuda muito!!!

Esse post pode ser útil para mais alguém, seja legal e compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

17 comments

  1. ola quais as vantagens que eu teria de entrar no pais com visto por ter meu irmao que e cidadao americano voce tem conhecimento sobre isso grato nelson

    1. Olá Nelson!

      O fato do seu irmão ser cidadão em si não vai mudar muita coisa se você só tem o visto de turista. O máximo que pode acontecer é que eles sejam mais suaves na sua entrada.

      A vantagem em si está no fato que você pode solicitar o Green Card através do seu irmão. Isso sim te trará benefícios para a vida toda.

      Espero ter ajudado.

  2. Muito obrigado pela ajuda.
    Se tiver indicações de escolas em são francisco ficarei grato. estou tentando buscar escolas com hospedagem individual, caso conheça ficarei grato pela dica.
    Parabéns pelo trabalho.

    1. Fico feliz em ajudar!!!

      Não conheço escolas em San Francisco. Você virá como estudante? Se sim, entra no grupo do face “Brasileiros em San Francisco” que os brasileiros que moram lá com certeza te darão várias opções.

      Boa sorte!

  3. Bom, como vc mesma citou os dois casos, sou o tipo 1 não tenho nada a perder aqui no brasil, sou solteiro 23 anos. quero ir para os EUA ainda esse ano, ou no máximo, inicio do ano que vem… tenho algumas preocupações pois irei sozinho… sem ajuda de ninguém financeiramente também… mais obviamente tenho uma reserva, mais não é muito, estou tentando pegar o máximo de informações possível para facilitar quando estiver lá… ou melhor ainda ter alguém que possa me ajudar, que já esteja lá…

    1. Aqui no blog e no canal tem muita informação valiosa que já vai te ajudar bastante. Minhas maiores dicas pra vc são:

      1- aprende o máximo de inglês que puder, porque faz muita falta;
      2- escolhe um estado favorável para imigrantes pois a situação política atual está bem instável.

      Vou deixar dois links abaixo para você, espero que ajude:

      1 – http://partiuusa.com.br/quanto-preciso-para-ir-morar-nos-eua
      2 – http://partiuusa.com.br/quando-chegar-nos-estados-unidos

      Boa sorte!

  4. Boa Noite,
    Estou pretendo morar em orlando com a família, mas antes de tomar a decisão definitiva estou querendo ir conhecer escolas para meu filho, aluguel de casa, e negócios que possa fazer. Estou tirando visto de turista, se ver que vale apenas ir, estava pesando de entra com visto de estudante no Brasil. Sera que vai ter problema?

    1. Boa noite Marlon! Antes de mais nada, pense bem se Flórida será a melhor opção considerando a situação política atual. Converse com quem mora lá, pois a fama é de que é um dos piores estados para se viver como imigrante (sem documento para trabalhar). Em relação ao visto de estudante, na minha opinião é bem melhor que o visto de turista e se tirado no Brasil é melhor ainda, pois ele te dará permissão para ir ao Brasil quando quiser. se tirar o visto de turista e fazer o de estudante aqui você perde essa vantagem.

  5. Olá! Mariana Silveira,
    Sou Wesley e gostaria de saber de vc, com a experiência q tens morando aí, qual a cidade que considera melhor para imigrantes do Brasil?
    Tens alguma dica p tirar o visto de estudante?
    Até.

    1. Olá Wesley! Nunca morei e outras cidades para poder comparar mas todo mundo concorda que o Estado da Califórnia é a melhor opção para imigrantes. Em Los Angeles existem muitas oportunidades, apesar de ser uma cidade cara. Quanto ao visto de estudante eu solicitei pela advogada então não sei falar muita coisa. Mas uma amiga fez por conta própria e ela disse que foi muito tranquilo. Uma vez que você escolhe a escola, eles te dão bastante suporte. Boa sorte!

  6. Olá Mariana! Ler essas “dicas” tuas, é tão revigorante, que a vontade de mudar para os Estados Unidos é incontrolável. O Brasil já pode te dar um cargo de “diplomata”; seguramente, estaríamos muito mais bem representados.
    Uma dúvida: eu tenho um Visto de Turista, Válido até 20021. Este Visto consta em um Passaporte Vencido, embora eu tenha o atualizado. A pergunta é: Eu posso Solicitar um Visto de Estudante F1, mesmo com o B1 em Vigor? E, finalmente, eu preciso, necessariamente, estar Matriculado em um Curso de Inglês nos Estados Unidos, para efeito de Comprovante na solicitação desse Visto F1?
    Muitíssimo grato, pelas “Dicas”, para mim, um verdadeiro Tratado, precioso. Voce precisa pensar em “Escrever um Livro”.

    1. É muito gratificante saber que está realmente gostando do conteúdo!!!

      Quanto ao visto, sim, você pode solicitar o F1 tendo o B2 em vigor.

      Só tome cuidado na hora da viagem para não falar que está vindo a turismo e apresentar o de estudante rsss.

      Quanto à documentação, você precisa entrar em contato com a escola e solicitar o i20.

      Esse é um dos documentos essenciais para dar entrada no F1, sem ele nada feito.

      Estou preparando um post completo sobre o F1, fique atento aqui no blog!!!

  7. Vou tentar o visto de estudante para Los Angeles , ate porque preciso mesmo aprender ingles, mas na sua opnião depois de fazer um curso de 6 meses , qual outro visto eu poderia aplicar?

    1. Oi Rebeca!

      O visto de estudante é renovado automaticamente enquanto estiver estudando.

      A própria escola de inglês irá te orientar na escolha de novos cursos para manter seu visto.

      Quanto ao período, a não ser que seu inglês já seja muito muito bom, 6 meses não será suficiente.

      Prepare-se para ficar no mínimo de 1 à 2 anos nessa fase, caso esteja no nível básico.

      Tenho um post aqui no blog falando sobre os principais vistos. Segue o link ~> http://partiuusa.com.br/tipos-de-visto-americano-qual-o-melhor

      Boa sorte!!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *