Não Venha Estudar Nos Estados Unidos!

Booking.com

“Pelo que entendi o problema maior foi o fato deles falarem que estavam vindo estudar nos Estados Unidos.”

Esta semana estava vendo algumas reportagens de adolescentes que ficaram retidos na imigração quando tentaram desembarcar nos EUA.

Eles foram levados para abrigos onde segundo o que disseram, foram tratados como criminosos.

Após dias angustiantes no abrigo, onde mau podiam se comunicar com as respectivas famílias, foram liberados pela justiça, tendo contudo que retornar ao Brasil.

Essas histórias traumáticas TALVEZ poderiam ter sido evitadas!

Pelo que entendi ao ler tais reportagens, os adolescentes tinham o visto de turista, mas ao passarem pela imigração falaram para o oficial que aproveitariam a estadia para estudar nos Estados Unidos.

Lendo tudo isso me senti na obrigação de falar sobre o assunto aqui no blog, uma vez que eu mesma já comentei sobre estudar nos EUA durante a estadia no país.

Então, vamos aos fatos…

Falando sobre estudar nos Estados Unidos

1 – Visto de Estudante

Em primeiro lugar precisamos deixar claro a questão do visto.

Se você não sabe muito sobre o assunto, recomendo que clique aqui para saber mais antes de continuar lendo esse post.

O visto de estudante é completamente diferente do visto de turista.

Para conquistá-lo você precisará comprovar certa quantia na conta bancária, se matricular em uma escola privada e quando aprovado, comparecer às aulas, caso contrário o visto é cancelado.

É impossível tirar o visto de estudante para estudar inglês em escolas públicas, uma vez que essas escolas não fornecem o I20 (documento necessário para a solicitação do mesmo).

2 – Visto de Turista

Esse tipo de visto é para passeio, não para estudar e ponto final.

ESTUDAR NOS ESTADOS UNIDOS

Mas aí você pode dizer: “Ah, mas você já falou em outro post que dá para estudar em escola pública com visto de turismo”.

SIM, JÁ FALEI MESMO!

Mas acompanha comigo o raciocínio…

ESTÁ GOSTANDO DO POST?! ENTÃO DEIXE SEU NOME E EMAIL PARA RECEBER AS NOVIDADES DO BLOG!

Dá para estudar nos Estados Unidos com visto de turista? SIM (A escola não pede comprovação imigratória alguma).

Diante da lei imigratória isso é certo? NÃO

Então por que cargas d’água você viria para os EUA com visto de turista e me falaria na imigração que vai estudar?

É a mesma coisa que falar pra mãe que vai fazer algo errado antes de sair de casa e esperar que ela te deixe sair…

Óbvio que o oficial vai barrar!

Existem vários tipos de visto por um motivo, caso contrário existiria um só.

3 – O que fazer?

Acredito que os leitores do blog são bem crescidinhos para tomar as próprias decisões e arcar com as consequências dos seus atos.

Não quero aqui incentivar ninguém à fazer algo errado.

Minha intensão é mostrar para vocês como as coisas funcionam.

Já falei em outro post que o visto de turista nem sempre é a melhor opção, se você não leu este post ainda, clica aqui e entenda melhor.

Mas se de tudo você resolver vir com o visto de turista precisa ter em mente que pela lei você:

  • Não pode morar nos EUA
  • Não pode estudar nos EUA
  • Não pode trabalhar nos EUA

Contudo, todavia, no entanto rsssss, o que acontece na prática é:

  • Milhares de pessoas moram nos EUA mesmo com visto de turista
  • Milhares de pessoas estudam nos EUA mesmo com visto de turista
  • Milhares de pessoas trabalham nos EUA mesmo com visto de turista

Não é certo, mas é a realidade.

É um risco (teoricamente calculado) que essas pessoas correm para tentarem uma vida melhor do a que é oferecida no nosso querido Brasil.

Se você é uma dessas pessoas que vai vir para os EUA usando o visto de turista mas tem segundas intensões como morar ou estudar, tome cuidado com o que vai falar ao oficial de imigração, pois qualquer coisa que não esteja relacionado à turismo pode e será usado contra você!

Desculpe se o título desse post ficou com um pouco de duplo sentido, mas eu precisava chamar sua atenção, caso contrário, esse pequeno deslize poderia jogar todos seus planos por água abaixo.

Esse post pode ser útil para mais alguém, seja legal e compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *